f. Seus milagres

June 22, 2013 in A Última Religião Divina ISLAM

Inúmeros milagres ocorreram nas mãos de nosso mestre, o Profeta. Alguns destes são os seguintes:

 Jabir (que Allah esteja satisfeito com ele) narrou:

“No Dia de Hudaybiya algumas pessoas estavam com sede e vieram até o nosso Mestre. Havia um balde de couro contendo água em frente ao Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele). Nosso Mestre fez ablução. As pessoas aproximaram-se dele. Ele perguntou:

‘O que desejam?’ Eles disseram:

‘Não há água para fazer a ablução ou beber exceto esta contida na sua frente.’ O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele) colocou a sua nobre mão dentro do recipiente. A água começou a borbulhar entre os seus dedos e era exatamente como a água borbulha nas nascentes. Nós todos bebemos dela e fizemos nossa ablução.” Quando eles pediram:

“Quantas pessoas estavam com você naquele dia?” Jabir respondeu:

“Mesmo se tivéssemos em cem mil pessoas a água seria suficiente, mas éramos mil e quinhentas pessoas.”[1]

Quando os coraixitas pediram a ele um milagre, o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele) orou ao seu Senhor e a lua foi clivada em duas partes. Este milagre foi visto de qualquer lugar. Quando a lua dividiu-se em duas, metade pode ser observado sobre a montanha de Abu Kubais e a outra parte sobre a montanha de Kuaykian. Os pagãos perguntaram as caravanas que vieram de lugares mais distantes fora de Meca se eles também observaram tal ocorrência. Eles também informaram que eles tinham visto que a lua havia se separado.[2]

Havia um toco de árvore em que o Mensageiro de Allah (que paz e as bênçãos estejam com ele) costumava enxugá-lo e subir nele e dar sermões. Depois um minbar (púlpito) foi construído para substituí-lo, todo mundo ouviu o toco de árvore gemendo, porque agora tinha que ser colocado longe do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele).[3]

Abu Huraira (que Allah esteja satisfeito com ele) relatou:

“Estávamos em uma expedição com o Mensageiro de Allah (a paz e as bênçãos estejam com ele). Quando em certo momento, os suprimentos alimentares dos soldados acabaram. Queriam abater algumas de suas montarias. Sua Excelência Omar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: “Ó Mensageiro de Allah! Não seria melhor se eu coletar as ofertas de alimentos restantes e você orar para que ela seja abundante? “Nosso Mestre gostou desta sugestão. Aqueles que tinham seu trigo levaram o seu trigo, aqueles que tinham suas tâmaras trouxeram suas tâmaras, e os que tinha suas sementes de tâmaras as trouxeram.”

O público que ouvia Abu Huraira lhe perguntou com espanto:

“O que aconteceu com as sementes?” O abençoado Companheiro continuou a relatar o restante do ocorrido:

“Quando as pessoas não conseguiam encontrar nada para comer, eles estavam chupando as sementes e depois bebiam água.”

“O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele) orou. Os suprimentos de alimentos tornaram-se tão abundantes que cada um dos soldados pode encher seus copos com alimentos. Sobre este divino dom, Sua Excelência o Profeta (que a paz e as bênçãos estejam com ele) disse:

“Eu declaro que não há nenhuma divindade além de Allah e eu sou Seu Mensageiro. Aqueles que atenderem a Allah sem hesitar sobre estas duas questões irão para o paraíso.”[4]



[1].      Bukhari, Menâkıb, 25. Nessa fonte muitos outros milagres do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele)  foram citados.

 

[2].      Al-Qamar (The Moon), 54: 1-3; Bukhari, Menâkıb 27, Menâkıbu’l-Ensâr 38, Tefsîr 54/1; Muslim, Munâfıkîn, 43, 47, 48; Tirmizî, Tefsîr, 54/3286; Ahmad bin Hanbal, I, 377, 413.

 

[3].      Bukhari, Menâkıb, 25; Tirmizî, Jum’a 10, Menâkıb 6; Nesâî, Jum’a, 17; Ibn-i Majah, Ikâme, 199; Dârimî, Muqaddime 6, Salât 202; Ahmad bin Hanbal, I, 249, 267, 315, 363.

 

[4].      Muslim, Iman, 44. Sobre a vida, a moral e os milagres do nosso mestre, o Profeta ver: http://www.islamiyayinlar.net/content/view/36/8/  http://www.islamicpublishings.net/images/book/ingilizce/Rahmetesintileri_ing.pdf  http://hazretimuhammedmedinedevri.darulerkam.altinoluk.com/ Ibn Ishaq (150/767), The life of Muhammed, Karaçi: Oxford University, 1967; Mevlana Şibli en-Numani, Siretü’n-Nebi=The life of the Prophet, Lahor: Kazı Publications, 1979; Afzalurrahman, Encyclopaedia of seerah: Muhammed, London: The Muslim Schools Trust, 1982; Abdulahad Dawud, Mohammad in the Bible, Devha [Doha]:A Publications of Presidency, 1980; Martin Lings, Muhammad: his life based on the earliest sources, London: The Islamic Texts Society, 1983; A. H. Vidyarthi, Mohammad in world scriptures, New Delhi: Deep-Deep Publications, 1988.